Magno Oliveira e Guilherme Tâmega comandam The Box

    Guilherme Tâmega e Magno Oliveira dominaram as disputas das oitavas de final em The Box , local da segunda etapa do IBA World Tour. Na...


    Guilherme Tâmega e Magno Oliveira dominaram as disputas das oitavas de final em The Box, local da segunda etapa do IBA World Tour. Nas duas últimas disputas desta segunda-feira, Maguinho e Guilherme somaram os dois melhores scores de todo o dia e agora se enfrentam no próximo round por uma vaga na semifinal.
  
Foto: IBA/Specker - Guilherme Tâmega
  Durante a última bateria do dia, o hexacampeão Guilherme Tâmega mostrou o motive pelo qual é apontado como um dos maiores da história no esporte. O carioca ficou praticamente 25 minutos em situação de combinação, diante do forte australiano Mitch Rawlins. Porém Guilherme achou uma onda que lhe colocou de volta na disputa e nos segundos finais arrancou uma nota acima dos 8.00 pontos para virar a disputa e seguir adiante na competição.
 “Eu só estava esperando a bateria acabar. Uma onda veio em minha direção e eu pensei que seria bom eu pegar aquela. Ela formou no inside e abriu uma ótima rampa. Eu simplesmente fui nela e fiz meu trabalho. Quando eu ouvi a nota achei que era bom demais para ser verdade”, declarou Guilherme, que comemorou muito ao final da bateria.

     Com a vitória, Guilherme enfrenta o capixaba Magno Oliveira, autor do maior somatório até o momento da etapa, 17,75, nas oitavas, diante do australiano Ben Player.
Após não competir no primeiro round, Maguinho teve trabalho para avançar para as oitavas, mas conseguiu a classificação e caiu diante de um dos favoritos na etapa, o bicampeão mundial Ben Player. Porém, Maguinho mostrou seu cartão de visitas logo na primeira onda da bateria, quando pegou dois tubos e arrancou um 9,5 dos juizes. Em sua segunda onda o capixaba somou ainda um 8,25 para eliminar seu adversário e carimbar vaga nas quartas de final.

Foto: IBA/Specker - Magno Oliveira
     Eder e Uri eliminados:
Além dos dois brasileiros classificados para as quartas de final, o Brasil contou ainda com a participação do catarinense Eder Luciano e do baiano, campeão mundial em 2008, Uri Valadão.
Uri foi eliminado ainda no round 3, após terminar em quarto em sua bateria e não conseguir ficar entre os 16 primeiros, que avançavam para as oitavas. Já o catarinense Eder Luciano conseguiu se classificar para o Round 4, mas caiu diante do havaiano Jeff Hubbard, líder do ranking mundial 2011.

     Uma nova chamada acontece nesta segunda-feira, as 20h00min (Horário de Brasília).
O evento tem transmissão ao vivo através do site www.redbull.tv ou www.ibaworldtour.com/live.
Quartas de Final:
QF1: Ryan Hardy (AUS) v Dallas Singer (AUS)
QF2: Jared Houston (AFS) v Mark McCarthy (AFS)
QF3: Jeff Hubbard (HAV) v Amaury Lavernhe (REU)
QF4: Magno Oliveira (BRA) v Guilherme Tâmega (BRA)

Oitavas de Final:
OF1: Ryan Hardy (AUS) 13.40pts x Chad Jackson (AUS) 13.25pts
OF2Dallas Singer (AUS) 13.85pts x Michael Novy (AUS) 6.15pts
OF3Jared Houston (AFS) 12.75pts x Sam Bennett (AUS) 11.25
OF4: Mark McCarthy (AFS) 13.40pts x Pierre Louis Costes (FRA) 13.35pts
OF5Jeff Hubbard (HAV) 13.90pts x Eder Luciano (BRA) 10.00pts
OF6Amaury Lavernhe (FRA) 14.00pts x Mike Stewart (HAV) 13.00pts
OF7: Magno Oliveira (BRA) 17,75pts x Ben Player (AUS) 13,40pts
OF8: Guilherme Tâmega (BRA) 16.30pts x Mitch Rawlins (AUS) 15.40

Fonte: Paipo
Foto IBA / Specker

Related

Competições. 3819328402148942679

Postar um comentário

emo-but-icon

SIGA-NOS

+ VISTA

INSTAGRAM


WORLD-TOUR


PRA VOCÊ

Olá comunidade do bodyboarding, estamos de cara nova, curta nosso site e acompanhem todas as noticias do esporte!

item