Eder Luciano é campeão brasileiro de bodyboard

Catarinense de Itapema garantiu seu primeiro título Super Top nessa sexta-feira, em Ipanema.                  O catarinense Eder Luc...



Catarinense de Itapema garantiu seu primeiro título Super Top nessa sexta-feira, em Ipanema.              
 O catarinense Eder Luciano é o mais novo campeão brasileiro de bodyboard. 


O título do itapemense veio nessa sexta-feira (21/10) após o atleta se classificar para as quartas de final do Ipanema Bodyboard Brasil e ver Luis Villar, de Balneário Camboriú (SC), ser eliminado na segunda fase.

“É uma sensação única. Hoje eu doi mais valor aos atletas que já foram campeões brasileiros, pois estou vendo tudo que eles passaram para chegar a esse momento. Parabéns ao Luis que lutou até o fim e mostrou que é um batalhador. Estou muito feliz, pois fiz minha parte dentro d´água e agora é só comemorar”, disse Eder, que foi muito aplaudido por seus companheiros de competição.

O pentacampeão brasileiro Roberto Bruno foi um dos primeiros a dar parabéns a Eder, que mostrou grande reverência ao atleta cearense. “Ser campeão brasileiro é indescrítvel. Eu só tenho que agradecer ao Roberto. Ele já foi cinco vezes campeão nacional e isso mostra o talento dele”, disse o atleta de Itapema, que não esqueceu de sua principal motivação para chegar ao título. “Esse título é para minha família, que me apoia sempre”, finalizou.


Agora, Eder busca o título da etapa para encerrar o ano com três vitórias. Porém, para isso acontecer, o atleta terá que passar por duas baterias antes de chegar a grande decisão.
Quem também mereceu muita atenção nessa sexta-feira em Ipanema foi Sthepan Stamm. Um dos grandes ícones do bodyboard carioca, o atleta de 37 anos é uma das pessoas que melhor conhece a onda de Ipanema e mostrou que no quintal de casa é um forte concorrente ao título. Com uma excelente apresentação, em ótimas ondas (1 a 1,5m) e  boa formação, ele passou diretamente para as quartas de final com a vitória em sua estreia.

“Modestia a parte eu conheço muito bem essa onda. Eu sou daqui de Ipanema, minha mae me carregava dentro da barriga, antes de eu nascer, no mar de Ipanema e foi aqui, na década de 80, que eu aprendi a pegar onda. A organização do evento está de parabéns por trazer a etapa para cá, pois aqui é a referência de tudo no esporte”, frisou Stephan.

Stamm será pai no fim do ano e a vitória veio como um presente. “Eu estou meio que parando de competir e essa vitória veio em uma hora boa. Está tudo acotecendo ao mesmo tempo. Estou preparado para ser pai. Eu e minha esposa vamos dar muito amor para essa criança que está vindo”, frisou o futuro pai.

Além de Stephan e Eder, o capixaba Hellinton Loureiro e o carioca Israel Eduardo foram os vencedores das demais baterias do primeiro round. Ambos tiveram perfomances de alto nível e conseguiram achar ondas na cada dos 9,00 pontos para marcar dois bons somatórios.

Hellinton Loureiro somou 17,10 pontos em 20 possíveis e garantiu sua vaga entre os oito melhores da etapa. Já Israel, totalizou 16,00 pontos e também está nas quartas, que acontecem nesse sábado. Após as quartas, já ocorrem as semis e a grande final, apontado o campeão da Super Top já nesse sábado.

Os outros quatro atletas que se garantiram nas quartas após as três primeiras fases foram: Sanderson Trevisan (PR), Bruno Invyk (RJ), Diego da Silva (ES) e Alexandre Milazzo (BA).

Bruno Araujo é nota 10 em Ipanema:
Além de Israel Eduardo, outro atleta de Rio das Ostras deu as caras em Ipanema e mostrou que está em dia com as ondas. Bruno Araujo profissionalizou-se no início dessa temporada e já deixou seu cartão de visitas na categoria Pro Trials.

Em uma excelente onda para a esquerda, o atleta, pupilo de Israel, executou um lindo ARS, para arrancar a primeira nota 10 unâmime da competição. “Esse é meu primeiro 10 como profissional. Já tinha feito um como amador, mas esse é especial. Quero vencer esse evento para ajudar minha mãe que está com problemas de saúde e precisa fazer uma operação”, disse o atleta de Rio das Ostras.

Porém, não foi somente a nova geração que aprontou em Ipanema. O carioca Hermano Castro, um dos grandes nomes do esporte no Rio, mostrou sua força em Ipanema e grantiu sua vaga. O atleta que conta com o próprio esforço para competir mostrou-se contente com sua passagem para a próxima fase, mas triste ao mesmo tempo pela falta de apoio.

“É legal saber que essa nova geração ainda olha para gente com respeito e admiração. Eu estou há cinco anos sem patrocínio, competindo com inscrição paga pelos amigos e com motivação zero. É importante competir em Ipanema, pois aqui é o centro do bodyboard brasileiro. Espero passar as fases e me dar bem aqui”, declarou Hermano.

Na briga pelo título da categoria, cinco dos seis atletas avançaram para a próxima fase e a corrida pelo primeiro lugar segue em aberto. Iraí Rodrigues, Lucas Nogueira, Lucas Rodrigues, Adriano Minguta e Fábio Rodrigues ainda estão no páreo e somente o carioca Francirley Ferreira está fora da disputa, após ser eliminado em Ipanema.

Havaiano estreia bem no brasileiro:
Além das estrelas brasileiras em Ipanema, um havaiano mostrou que vai incomodar a tropa verde e amarela em Ipanema. Happy Zurowski, marido da bodyboarder Akemi Saito, venceu sua bateria com uma ótima perfomance. Participando pela primeira vez do circuito brasileiro, o havaiano mostrou-se bastante feliz por estar no Brasil.

“O povo aqui respira o esporte. É muito legal ver a paixão que os brasileiros têm pelo bodyboard. Estou feliz de estar aqui e mais feliz ainda, pois passei minha bateria com uma boa performance. Quero chegar ao domingo decisivo com chances e quem sabe levar o título”, disse Happy.

Mulheres definem o título nesse sábado:
Assim como a categoria Super Top, as meninas da Pro Girls também decidem o título do Ipanema Bodyboard Brasil no sábado. Apenas oito atletas seguem na briga e entre elas está a atual bicampeã brasileira Isabela Sousa (CE). A cearense terá pela frente uma dura bateria contra a pentacampeã mundial Neymara Carvalho, além da capixaba Maylla Venturim, atual campeã latina, e Renata Cavalleiro, do Rio de Janeiro.

Já na outra disputa, Jéssica Becker (RJ) encara a carioca Nicole Calheiros, além das capixabas Maira Viana e Joany Duarte. Lembrando que as duas primeiras de cada bateria avançam para as semifinais em formato mulher a mulher.

Finais da Super Top e Pro Girls serão no Arpoador:
Visando dar ainda mais brilho para o final do circuito brasileiro de bodyboard, as finais das categorias Super Top e Pro Girls acontecem no palco principal do Arnette apresenta Quiksilver Brasil Open de Surf, localizado no Arpoador.

Os dois campeões serão conhecidos por volta da uma hora da tarde e a expectativa é de ótimas ondas em um dos principais picos do Rio de Janeiro.

Brasil Open de Surfe:
A etapa do Brasileiro de Bodyboard em Ipanema faz parte do Arnette apresenta Quiksilver Brasil Open de Surf, que conta ainda com uma etapa seis estrelas do ASP World Star Tour, um Mundial Pro Junior da ASP, além de eventos de skate e BMX.

O Arnette apresenta Quiksilver Brasil Open de Surf é uma realização da Adding Sports e conta com a supervisão da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro. O evento conta com o patrocínio da Arnette, Oi, Quiksilver, Governo do Estado do Rio de Janeiro – Secretaria de Esporte e Lazer e tem o apoio da Oi Futuro, Urgh, DC, Roxy, Prefeitura do Rio, Favela Surf Clube e Arpoador Surf Clube. Percentence ao calendário de competições do Brasil Open de Surf, o Ipanema Bodyboard Brasil é válido como quarta etapa do circuito brasileiro de bodyboarding , contando com a supervisão da CBRASB e FEBBRJ e com o apoio da Genesis e da Vortec.

Confira as baterias das quartas de final:
Super Top:
Q1: Eder Luciano (SC) x Sanderson Trevisan (PR)
Q2: Stephan Stamm (RJ) x Bruno Invyk (RJ)
Q3: Hellinton Loureiro (ES) x Diego da Silva (ES)
Q4: Israel Eduardo (RJ) x Alexandre Milazzo (BA)

Pro Girls:
Q1: Jéssica Becker (RJ) x Nicole Calheiros (RJ) x Maira Viana (ES) x Joany Duarte (ES)
Q2: Isabela Sousa (CE) x Neymara Carvalho (ES) x Renata Cavalleiro (RJ) x Maylla Venturin (ES)

Cronograma de sábado:
Pro Girls:Quartas de final - início as 08h00min - 2 baterias com 4 atletas
Super Top:Quartas de final - início as 08h40min - 4 baterias (HxH)
Pro Girls:Semi - início as 10h00min - 2 baterias (MxM)
Super Top:Semi – 10h40min - 2 baterias (HxH)
Pro Girls e Super Top- Finais no Arpoador e premiação
Pro Trials:Logo após as finais no Arpoador – 2ª fase - 6 baterias

Por:Danilo Caboclo – Assessoria de Imprensa CBRASB –danilo@gruposix.com.br –             (11) 7667-9636       ou            (48) 9935-2019     

Roberta Pinto e Felipe Costa Barros – Assessoria de Imprensa Brasil Open de Surf – robertamlpinto@gmail.com –             (21) 7838-6340       ou            (21) 8700-5850     

Fotos:
1 – Eder Luciano comemora o título – Foto: Leon Jr.
2 – Happy Zurowski estreou bem no Brasil – Foto: Pedro Monteiro/Adding
3 – Fábio Rodrigues segue na briga pelo título da categoria Pro Trials – Foto: Pedro Monteiro/Adding

Related

eder luciano 8125056763902179416

Postar um comentário

emo-but-icon

SIGA-NOS

+ VISTA

INSTAGRAM


WORLD-TOUR


PRA VOCÊ

Olá comunidade do bodyboarding, estamos de cara nova, curta nosso site e acompanhem todas as noticias do esporte!

item